Blog

Tratamentos alternativos para endometriose

tratamento não medicamentoso da Endometriose

Tratamentos alternativos para endometriose

Os tratamentos alternativos para endometriose são também chamados tratamento complementares, ou tratamentos naturais, por não utilizar hormônios.

 

Sempre que possível devem ser realizados juntamente com o tratamento hormonal ou após a cirurgia de endometriose.

Neste texto vou apresentar as evidências científicas dos principais tratamentos alternativos para endometriose.

 

Todos os links para os trabalhos científicos citados, encontram-se nas referências bibliográficas no final do artigo.

 

Vou utilizar como referências, alguns estudos de metanálise, um tipo específico de artigo científico, que reúne o resultado de diversos estudos sobre um tema específico e, portanto, geralmente é uma informação científica confiável.

Planejamento do tratamento

Após receber o diagnóstico da endometriose é importante fazer o planejamento do tratamento, sendo os principais postos:

  • Intensidade dos sintomas;
  • Desejo reprodutivo;
  • Localização da endometriose (estadiamento);
  • Satisfação com o tratamento escolhido (como a paciente se sente ao fazer o tratamento), pois os tratamentos são de longo prazo.

 

A mulher deve escolher o tratamento juntamente com o ginecologista, pois isso facilita a adesão e a satisfação com o tratamento.

 

Toda vez que a mulher não se adaptou ao tratamento, é importante saber que existem outras possibilidades terapêuticas, e que o ginecologista está disponível para a discutir estas alternativas.

 

Tratamentos alternativos para endometriose

 

Tratamentos alternativos para endometriose

Os principais tratamentos alternativos para endometriose são:

  • Acupuntura;
  • Fisioterapia pélvica;
  • Alimentação;
  • Atividade física;
  • Terapias mente-corpo;
  • Sono;
  • Espiritualidade e relacionamento social.

Acupuntura e Endometriose

A acupuntura é uma técnica da medicina chinesa, com evidências científicas para diminuir os sintomas dolorosos das mulheres com endometriose.

 

Existem duas metanálises publicadas sobre a acupuntura e endometriose e ambos os estudos são favoráveis para o uso da acupuntura, embora os artigos ressalvam que seriam necessárias mais pesquisas sobre o tema.

 

A melhora média da dor em uma escala de 0 a 10 foi de 1,36 pontos, com um intervalo de confiança de 1,01 – ,1,72.

 

Tratamentos alternativos para endometriose

 

Fisioterapia pélvica e Endometriose

A fisioterapia pélvica e os exercícios de pompoarismo são importantes no tratamento das mulheres com endometriose, mas principalmente, quando os sintomas dolorosos já foram resolvidos.

 

É muito comum que mulheres com endometriose tenham dor de profundidade durante as relações sexuais e algumas vezes acabam desenvolvendo dores miofaciais e vaginismo.

 

O vaginismo é uma contração involuntária dos músculos da vagina, que causa dor na entrada, durante as penetrações.

 

Os exercícios de fisioterapia pélvica e os exercícios de pompoarismo fazem com que a mulher aprenda a relaxar a musculatura e com isso ocorre a melhora do vaginismo.

 

Diversas pesquisas têm demonstrado que mulheres com endometriose têm maior chance de apresentarem alterações sexuais, como menor lubrificação, menor desejo sexual e dificuldades para o orgasmo.

 

alongamento

 

A fisioterapia e os exercícios de pompoarismo também auxiliam a mulher a conhecer melhor o seu corpo e melhorar o desempenho sexual.

 

O melhor momento para iniciar a fisioterapia e os exercícios de pompoarismo é depois do controle da dor profunda.

 

Alimentação como tratamento complementar para endometriose

A teoria por traz da alimentação na prevenção e no tratamento da endometriose ocorre pelo fato da endometriose ser uma doença inflamatória e, portanto, fazer uma alimentação com menor stress oxidativo, ou seja, com menor poder inflamatório, traria resultados positivos tanto na prevenção como na diminuição dos sintomas.

 

Em relação a prevenção, existe um estudo bem desenhado, realizado com mais de 70 mil mulheres, acompanhadas por 12 anos.

 

Neste estudo científico o grupo de mulheres que faziam uma alimentação predominantemente com gorduras de boa qualidade, como o ômega 3, apresentaram redução no risco de desenvolvimento da endometriose profunda.

 

alimentação

 

As mulheres que consumiam gorduras de menor qualidade, com as gorduras hidrogenadas e gorduras trans, apresentaram mais endometriose com comprovação cirúrgica e, portanto, a alimentação de qualidade pode diminuir a chance de desenvolver a doença.

 

A alimentação de qualidade não elimina a chance do aparecimento da endometriose, mas é um fator protetor!

 

A alimentação no tratamento complementar para endometriose, traz benefícios na melhora da dor, redução de peso, produz bem estar, reduz o risco de desenvolvimento de doenças crônicas como o diabetes e doenças cardíacas e, portanto, é fundamental.

 

O especialista em endometriose precisa incluir as mudanças alimentares no tratamento de suas pacientes.

Atividade Física como tratamento alternativo para endometriose

A atividade física, assim como a alimentação adequada tem um impacto positivo em muitas doenças crônicas, como diabetes, hipertensão, obesidade, doenças cardíacas, mas, e na endometriose?

 

Um estudo de metanálise publicado, não mostrou diferença com a prática de atividade física entre as mulheres e o risco de desenvolvimento de endometriose e, portanto, até o presente momento não existem evidências científicas, que a atividade física previne o aparecimento da endometriose.

 

esporte

 

Existem estudos científicos que avaliam a prática da atividade física no tratamento da endometriose.

 

Estes estudos têm demonstrado que a atividade física faz com que as mulheres com endometriose tenham menos dor, um sono de maior qualidade, menor chance de depressão, além de melhorar o relacionamento social.

 

O exercício físico determina diversos benefícios nas mulheres com endometriose!

 

Encontre algum exercício que seja lúdico e, desta forma, você vai conseguir realizá-lo continuamente.

 

 

Exercícios somente por obrigação não dão resultados, pois aumentam a chance de você desistir.

Dicas de exercícios lúdicos

Procure grupos de caminhada, corridas, aulas de dança, tênis, hidroginástica, entre outros. Geralmente são os exercícios em grupos que fazem uma atividade ser mais lúdica, pois o contato social também é reconfortante para a maioria das pessoas.

 

adenomiose

 

Abaixo coloco alguns links de sites interessantes para você começar a praticar caminhadas ou corridas em grupo.

 

Terapias mente-corpo e endometriose

As terapias mente-corpo incorporam estratégias que podem melhorar o bem-estar psicológico e físico, permitem que as mulheres assumam um papel ativo no seu tratamento e aumentam a capacidade da pessoa em lidar com as adversidades.

 

O stress crônico é um problema muito grande da sociedade moderna, pois aumenta o cortisol, e este hormônio gera uma série de malefícios para nosso organismo, sendo os principais:

  • Resistência insulínica, favorecendo o aparecimento do diabetes;
  • Hipertensão;
  • Imunossupressão, favorecendo o aparecimento de infecções e tumores malignos;
  • Maior risco de depressão e síndrome do pânico;
  • Distúrbios do sono.

 

O controle do stress pode ser feito de inúmeras maneiras, como o Yoga, mindfullness, sessões de massagem, técnicas de relaxamento e terapia.

 

Um estudo de revisão sistemática demonstrou que as técnicas mente-corpo trazem benefício real como tratamento alternativo para endometriose, diminuindo o score de dor, o stress e a qualidade do sono.

 

Tratamentos alternativos para endometriose

 

Sono e Endometriose

O sono de qualidade e em quantidade adequada é fundamental para nosso organismo e possui funções reparadoras, imunológicas e de consolidação da memória.

 

Não há estudos que avaliam um sono de boa qualidade com o aparecimento da endometriose, todavia, existem estudos que avaliam o sono nas mulheres com endometriose.

 

Mulheres com endometriose têm mais chance de ter alterações de sono e quando estas alterações estão presentes a qualidade de vida é ainda mais comprometida.Um estudo científico avaliou a qualidade de vida das mulheres com endometriose.

 

Tratamentos alternativos para endometriose

A conclusão foi que as mulheres com endometriose e distúrbios com sono apresentavam uma qualidade de vida pior, quando comparado com mulheres somente com endometriose e sem distúrbios do sono.

 

Portanto é importante dar atenção a qualidade e quantidade do sono e o tratamento não medicamentoso da endometriose deve incluir o tratamento dos distúrbios do sono.

 

Exercício físico, alimentação e técnicas mente-corpo auxiliam na melhor qualidade do sono. Abaixo vou deixar outras medidas eficazes:

  1. Invista em um colchão e travesseiro confortáveis.
  2. Tente esquecer os problemas na hora de dormir. Utilize técnicas de relaxamento e aprenda mindfullness.
  3. Não use o celular próximo da hora de dormir. Ao se deitar, deixe todos os sinais que sinalizam mensagens desativados;
  4. Tente não estudar ou trabalhar na cama;
  5. Tente se deitar e acordar no mesmo horário todos os dias;
  6. Evite dormir durante o dia;
  7. Durma em um local onde esteja tudo calmo e escuro;
  8. Café e outras bebidas estimulantes somente até o período da tarde;
  9. Evite comida muito gordurosa no jantar.

 

Espiritualidade e convivência social

Eu decidi abordar estes temas nos tratamentos alternativos para endometriose, por causa da definição de saúde da Organização Mundial da Saúde (OMS) de1998.

 

“A saúde é um estado dinâmico de completo bem estar físico, mental, espiritual e social e não meramente a ausência de doença ou enfermidade”.

 

Portanto é fundamental durante as consultas que o ginecologista entenda a saúde mental, questões de espiritualidade e dos relacionamentos sociais da mulher. 

 

O ginecologista funciona muitas vezes como uma pessoa que a mulher pode desabafar, se abrir e pedir ajuda.

 

Mulheres com endometriose têm mais chance de apresentarem problemas conjugais, faltas na escola ou trabalho, distanciamento social e depressão.

 

espiritualidade pode ser definida como uma “propensão humana a buscar significado para a vida por meio de conceitos que transcendem o tangível, à procura de um sentido de conexão com algo maior que si próprio”.

 

A espiritualidade pode ou não estar ligada a uma vivência religiosa.

 

Faça reflexões sobre o significado da sua vida, leia sobre o impacto que a descoberta do seu propósito traz em relação a felicidade cotidiana.

 

Se você tem alguma religião e você se sente bem ao praticá-la, faça isso com mais frequência.

 

Tratamentos alternativos para endometriose

 

Em relação a convivência social, eu trago a conclusão de uma das mais importantes pesquisas científicas, que está sendo realizada pela Universidade de Harvard desde 1938. O estudo já dura 82 anos!

 

O que realmente nos faz felizes e saudáveis e por mais tempo é a qualidade dos nossos relacionamentos sociais.

 

Os relacionamentos sociais de qualidade estão muito acima da quantidade de dinheiro, da fama ou sucesso profissional que cada pessoa tem. Eu gostaria muito que vocês assistissem uma palestra do TED TALK sobre este estudo. O link está logo abaixo.

O vídeo acima é a palestra do TED TALK sobre o estudo realizado em Harvard.

 

Neste texto discutimos os principais tratamentos alternativos para endometriose. Espero que estas informações possam ajudá-la a viver melhor!

 

A ginecologia integrativa utiliza a medicina tradicional, mas faz uso dos tratamentos alternativos, de maneira associada, sempre que possível.

 

Texto publicado por Dr. Fernando Guastella, CRM 112.601 SP.

Ginecologista formado pela USP e especialista no diagnóstico e tratamento da endometriose.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre os tratamentos alternativos para endometriose, conheça o Dr. Fernando Guastella e, se precisar, agende uma consulta.

 

                                                               kyleena

 

Deixe sua pergunta nos comentários.

 

Saiba mais:

Endometriose: endometriose, cirurgia de endometriose, cólica menstrual, tratamento hormonal, tratamentos alternativos, ressonância magnética, sintomas, ultrassom transvaginal, especialista em endometriose e adenomiose.

Ultrassom: tireoide, mamas, abdome, carótidas.

Saúde: corrimento vaginal, laser, carboidratos, fibras, gorduras, pompoarismo, vaginismo, coronavírus e gravidez

 

Referências bibliográficas

  1. Efeitos da acupuntura no tratamento da dor relacionada à endometriose: uma revisão sistemática e metanálise. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/29077705;
  2. Revisão sistemática e metanálise dos tratamentos complementares para mulheres com sintomas de endometriose. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/29944729;
  3. Estresse oxidativo e endometriose: uma revisão sistemática da literatura. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/29057034;
  4. Experiências de saúde após alterações alimentares na endometriose: um estudo de entrevista qualitativa. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/32102806;
  5. Endometriose, dismenorreia e dieta. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/23642910;
  6. Estudo prospectivo avaliando o consumo de gorduras na alimentação e o risco de endometriose. https://academic.oup.com/humrep/article/25/6/1528/2915756;
  7. Atividade física e risco de endometriose em mulheres com infertilidade ou dor: revisão sistemática e metanálise. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/27749551;
  8. Autogestão e intervenções psicológicas-sexológicas em pacientes com endometriose: estratégias, resultados e integração nos cuidados clínicos. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/28496368;
  9. Intervenções psicológicas e mente-corpo para endometriose: uma revisão sistemática. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/31443810;
  10. A prática do Hatha Yoga para o tratamento da dor associada à endometriose. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/27869485;
  11. Estudo Qualitativo da Prática de Yoga para Mulheres com Dor Associada à Endometriose. https://www.liebertpub.com/doi/10.1089/acm.2016.0021;
  12. Resultado de intervenções médicas e psicossexuais para o vaginismo: uma revisão sistemática e metanálise. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/30446469;
  13. Uma análise quantitativa da qualidade do sono em mulheres com endometriose. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/32176592;
  14. A endometriose sintomática do fundo de saco posterior está associada à qualidade do sono prejudicada, sonolência diurna excessiva e insônia: um estudo caso-controle. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/26700500;
  15. Limiar da dor e qualidade do sono em mulheres com endometriose. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/24733758.
Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

Cuide-se.
Tire todas as
suas dúvidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *