Blog

Menstruação na pré-menopausa

Menstruação na pré menopausa

Menstruação na pré-menopausa

Neste texto vou falar sobre o que é menstruação irregular e como ficam as menstruações no período próximo da menopausa.

 

menstruação na pré-menopausa

O que é menstruação irregular

A menstruação irregular é caracterizada por ciclos menstruais que não seguem o mesmo padrão todos os meses e pode ser diferente de acordo com o período da vida da mulher.

 

As definições de menstruação irregular são:

  • A menstruação irregular é considerada normal no primeiro ano após a primeira menstruação, como parte da transição da infância para a adolescência;
  • Entre o primeiro e terceiro ano após a primeira menstruação, se os intervalos forem menores que 21 dias ou maiores que 45 dias;
  • Após três anos da primeira menstruação, se os intervalos forem menores que 21 dias ou maiores que 35 dias, acontecendo mais de oito vezes por ano.
  • Toda vez que ocorrer um atraso menstrual maior que 90 dias.

 

Menstruação irregular e menopausa

O primeiro sintoma da falta do estrogênio para a maior parte das mulheres é a menstruação irregular, e desta forma, é possível saber que a menopausa está próxima.

 

O que é menopausa

Menopausa é a última menstruação da mulher, definido sempre retrospectivamente após 12 meses da última menstruação.

 

 

menstruação na pré-menopausa

O que é Perimenopausa

Perimenopausa é o período de vida da mulher que começam os primeiros sintomas da falta do estrogênio, cerca de dois anos antes da última menstruação e termina um ano após a menopausa.

 

Geralmente os ciclos menstruais começam a ficar mais curtos, depois podem acontecer atrasos menstruais com intervalos cada vez mais longos, até a última menstruação. 

 

Sangramento aumentado e cólica também podem acontecer neste período e exames devem ser realizados para descartar a possibilidade de doenças no útero, como miomas, adenomiose, pólipos e câncer de endométrio.

 

O melhor exame para investigar o sangramento aumentado é o ultrassom transvaginal.

 

Exames de sangue também devem ser realizados para investigação de outras causas de menstruação irregular.

 

Na menopausa a maior parte das doenças benignas do útero sofre involução, devido a falta do estrogênio.

 

Causas de menstruação irregular

Existem motivos para uma menstruação irregular, sendo as principais:

  • Alterações hormonais;
  • Doenças ginecológicas;
  • Mudança na pílula anticoncepcional;
  • Stress;
  • Exercício físico em excesso.
  • Proximidade com a menopausa

 

Menstruação irregular e alterações hormonais

As alterações hormonais são uma das causas mais comuns para a menstruação irregular.

 

Diversas são as alterações hormonais que podem causas a menstruação irregular, entre elas o aumento da prolactina, falta ou excesso de produção nos hormônios da tireoide, falta de produção de estrogênio e progesterona, alterações no cortisol e nos androgênios.

 

Causas mais comuns que cursam com irregularidade menstrual

  • Hiperprolactinemia;
  • Síndrome dos ovários policísticos;
  • Hipotireoidismo;
  • Hipertireoidismo;
  • Proximidade com a menopausa (perimenopausa).

 

A investigação destas alterações envolve a história clínica, uso de medicações e as dosagens laboratoriais destes hormônios.

 

menstruação na pré-menopausa

 

Pílula anticoncepcional e irregularidade menstrual

A pílula anticoncepcional é utilizada com frequência para o tratamento da menstruação irregular e possui uma composição que permite o uso contínuo e ou na forma de pausa entre as cartelas.

 

A pílula suprime a produção de estrogênio e progesterona pelo organismo e todo o controle da menstruação é feito com o uso dos hormônios contidos na pílula.

 

Quando se esquece de tomar os comprimidos ou quando a ingestão não é no mesmo horário, ocorrem variações nos níveis hormonais, podendo ocorrer com mais frequência os sangramentos inesperados.

 

Quando se interrompe o uso da pílula, pode demorar um ou dois meses para que os ciclos voltem a ficar regulares, mas não se engane, a gestação pode acontecer imediatamente e, portanto, utilize algum outro método contraceptivo.

 

Caso a menstruação não venha ou não fique regular com a parada do uso de hormônios, é melhor procurar um ginecologista para investigar o motivo.

 

Quando chega próximo da menopausa, a pílula anticoncepcional não deve ser utilizada, devido a baixa taxa de fertilidade neste período e devido ao risco de trombose que pílula pela via oral possui.

 

A alternativa é o uso de métodos contraceptivos por outras vias, como o anel vaginal, adesivos ou pílulas somente com progesterona.

 

O acompanhamento com exames de sangue é possível, para saber sobre o início da menopausa.

 

pilula anticoncepcional

Transtornos alimentares e menstruação irregular

A anorexia e a perda de peso significativa, podem provocar menstruação irregular, por um desequilíbrio na produção de hormônios pela hipófise, que estimulam a produção dos hormônios pelo ovário.

 

O ganho excessivo de peso, determina aumento da resistência insulínica e, isto gera frequentemente ciclos anovulatórios, que em geral determinam a menstruação irregular.

 

A perda de peso ou o uso de medicações que melhoram a resistência insulínica muitas vezes é suficiente para que as menstruações voltem a ser regular.

 

Excesso de exercício físico

O exercício físico como causa de menstruação irregular acontece de maneira mais frequente em atletas de alto rendimento e pode provocar desde irregularidade menstrual, até a falta da menstruação.

 

Doenças no útero

A maior parte das doenças no útero ou endométrio determina aumento do sangramento, ao invés de menstruação irregular.

 

A sinequia da cavidade uterina por outro lado apresenta outros sintomas.

 

A aderência que acontece no endométrio, a camada mais interna do útero, é chamada de sinequia. Esta doença pode determinar diminuição do número de dias, da intensidade do sangramento, ou até mesmo a parada total das menstruações.

 

A causa mais comum para a sinequia é a curetagem uterina ou as infecções no útero e trompas. Como resultado do trauma ou da infecção formam-se as aderências.

 

Quando a mulher apresenta sangramento excessivo, devido a doenças benignas, uma das alternativas de tratamento é a chamada ablação do endométrio.

 

Neste procedimento, retira-se o endométrio por uma câmera colocada através do colo uterino (histeroscopia), causando uma grande sinequia e, desta forma, tratando o sangramento aumentado.

 

Este procedimento é melhor de ser realizado em mulheres já próximas da menopausa, como um tratamento menos invasivo que a retirada do útero.

 

Stress crônico

O stress crônico, ou abalos emocionais muito significativos, podem geram a produção de hormônios como adrenalina e cortisol, que interferem no funcionamento do ciclo menstrual. 

 

Como resultado as menstruações podem ficar irregular ou ainda pode ocorrer a parada das menstruações.

 

Amamentação

Após o parto, durante a amamentação exclusiva, não ocorrem as menstruações, porém, se a amamentação não for contínua, o organismo começa a produzir novamente o ciclo menstrual.

 

É comum neste período uma menstruação irregular transitória, que melhora espontaneamente com o passar dos meses.

 

Chances de engravidar devido à menstruação irregular

As chances de engravidar com a menstruação irregular é pequena, pois a causa das menstruações irregulares na maior parte das vezes é a falta da ovulação.

 

Outro motivo pelo qual ciclos irregulares dificultam a gravidez, é a impossibilidade de saber o período fértil e, portanto, fica mais difícil “namorar” nos dias certos.

 

Mulheres próximas da menopausa estão no final da reserva ovariana e quando isto acontece, a menstruação fica irregular pela falta de ovulação.

 

Neste momento é importante proteger  endométrio, seja com o uso de progesterona, seja com o início da terapia de reposição hormonal.

 

A discussão sobre terapia de reposição hormonal seve ser ampla e as orientações dos riscos e benefícios devem ser claramente expostas. 

 

Texto escrito por Dr. Fernando Guastella

 

Agora que você já sabe um pouco mais sobre a menstruação na pré-menopausa, conheça o Dr. Fernando Guastella e agende uma consulta.

 

                                                               kyleena

 

 

Você sabe o que é Ginecologia Integrativa?

 

Deixe sua pergunta nos comentários.

 

Saiba mais:

Endometrioseendometriose no ovárioendometriose no intestinoendometriose na bexigaadenomiose.

Ultrassom: tireoidemamascarótidas.

Saúde: corrimentovaginallasercarboidratosfibrasgorduraspompoarismovaginismo.

 

Referências bibliográficas

Tratado de Ginecologia da FEBRASGO 2019: 

  1. Recomendações da Diretriz Internacional Baseada em Evidências para a Avaliação e Tratamento da Síndrome dos Ovários Policísticos. https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/30033227/
Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

Cuide-se.
Tire todas as
suas dúvidas.

18 Comentários “Menstruação na pré-menopausa

  1. Boa tarde! Acabei de completar 49 anos.sempre tive ciclo certinho de 28 dias. Porém no mês de Junho pra julho não menstrei .Fui menstruar no meio de julho e até hoje estou sangrando. O volume é pouco vai e volta . Tenho hipotireoidismo e tomo euthirox 25 mg. Estou me sentindo mal com esses pequenos sangramentos constantes .O que pode ser?

    1. Pode ser o climatério, alteração na tireoide, prolactina, pólipos, mioma submucoso….entre outros. Acho importante você procurar um ginecologista. Provavelmente não é nada grave, mas casos específicos não dá para opinar sem examinar e solicitar exames

  2. Olá, tenho 45 anos, menstruei em junho normalmente, ciclo entre 27 e 29 dias, veio na data certa, ficou por 5 dias até ao normal, parou 2 dias antes do meu aniversario (26/06) e começou a voltar no dia 27, ficou 3 ou 4 dias sangue normal e depois alguns dias aquela borra, qdo parou fui na gineco e fiz alguns exames, meu Fsh muito alto 68,60mUi/ml – LH 41,90mUi/ml – Testosterona 21,0ng/dL – Prolactina 10,8ng/dL- estradiol 22,0pg/ml
    A médica disse que é normal para minha idade… será ??? Em julho minha M não veio e agosto era pra ter vindo no dia 12 e nada, ontem um dia depois que ela pararia, começou a sair uma borra com sangue vermelho vinho, durante a noite parou e hoje voltou….. Minha primeira menstruação foi aos 14 anos, tenho hipotireoidismo e tomo 50mcg de puran t4 não tenho minha glândula da tireoide pois fiz uma iodoterapia a 6 anos, apenas pq eu tinha hipertireoidismo a mais de 20 anos e ele achou melhor acabar com minha glândula 😢
    Bem, Dr. Fernando, O que o Sr pode me dizer a respeito do meu caso? Achei a gineco que me atendeu muito fria e sem Boa vontade.

    1. Oi Andráa. Seus exames de sangue apontam que a menopausa está muito próxima. É comum essa irregularidade menstrual. É preciso discutir sua saúde de maneira mais ampla e decidir o que fazer nesse momento da sua vida, sobre a Terapia de reposição hormonal. Você precisa receber informações dos prós e contra, para você decidir o que é melhor para a sua saúde. Fico a sua disposição no consultório. Um abraço.

  3. Olá eu sou a Selma tenho 47 anos estou com um pequeno sangramento só suja será que estou entrando na menopausa mestruei aos 15 anos depois foi embora só voltou aos 18 anos fui mãe aos 29 anos e depois aos 34 anos fiz ligadura vc pode me falar o que pode ser obrgd

    1. Olá Selma. Você precisa passar em consulta, ser examinada e depois serão solicitados exames complementares. Com o resultado deste conjunto eu consigo te explicar o que está acontecendo com você.

  4. É normal ter menstruação “normal”, TPM, ciclos muito regulares e sangramento padrão como aos 20 e poucos anos (4 dias de sangramento cravadinhos no calendário) já estando com quase 48 anos??? Será que minha menopausa vai ser tarde? Confesso que já não suporto mas menstruar.

  5. Bom dia Dr.Fernando! Me chamo vanderleia tenho 50 anos me formei com 14 anos e tive 3 filhos parto Cesária mas aos 23 anos no parto da minha última filha o médico fez uma laqueadura. Em setembro fez 28 anos que fiz a laqueadura, minha menstruação sempre vinha 1 dia ou 2 mas no de julho ela veio 3 dias e 2 x no mês. Em agosto veio normal 1 dia mas veio menor quantidade e sempre quando acabava 3 a 4 dias descia um pouquinho e dessa vez não veio nada. E no mês de setembro minha menstruação não veio dia 16 e hj e 8 e nada ainda. Estou sentindo os seios enviados a barriga diferente e um vazio n estômago. Estou muito seca na região marginal de 3 dias pra cá. Eu nunca tive problema com lubrificação fiz o teste de gravidez de farmacia deu negativo. Me ajude pode ser gravidez ou são sintomas da menopausa?

    1. Você não está grávida. Passe em uma consulta com um ginecologista para uma avaliação mais detalhada do que fazer nesse momento da vida.

  6. Bom dia meu nome é Carmem tenho 46 anos minha menstruação não é regrada não as vezes menstruo 2 x no mês,mas estou sem menstruar a quase 2 meses sinto os calorões de vez em quando,falta da libido,secura vaginal, irritabilidade,tenho muita náusea,as vezes dores de cabeça intensa,minha última veio entre os dias 22 e 23 de agosto não sei o que fazer. Isso é climatério ou gravidez? Minha primeira menstruação foi aos 15 anos…

  7. Tenho 46 anos to me sentindo inchada com a boca amargando estou com M atrasada a 21 dias fiz o teste deu negativo tenho um filho de 7 anos não faço uso de anticoncepcional sou asmatica e tenho pressão alta e a M nunca arrasou pode ser a menopausa o que eu faço.

  8. Menstruei com 12 anos. Tenho 51 anos e 3 meses que só desce uma sugerinha. Porém esse mês vai em abundância e já fazem 4 dias, estou muito preocupada pois nunca menstruei tanto enem por mais de 3 dias. Isso é normal ?

    1. Melhor passar em alguma consulta. Pode ser somente irregularidade do climatério, mas é preciso afastar a possibilidade de doença endometrial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *