Blog

Clareamento íntimo com laser e peeling: antes e depois

Rejuvenescimento íntimo

Clareamento íntimo com laser e peeling: antes e depois

O clareamento íntimo é um procedimento que pode ser realizado por diferentes métodos, como laser e peeling e parte integrante dos tratamentos de rejuvenescimento íntimo.

 

Outra opção terapêutica é o uso de medicações manipuladas para o uso cotidiano, após serem corrigidas as causas do escurecimento.

A comparação do antes e depois traz para a maior parte das mulheres uma sensação de bem estar. Toda mulher que sinta incômodo tem o direito de procurar ajuda.

 

O escurecimento da vulva, grandes lábios, virilha, região interna das coxas e região anal pode ser tratado de diferentes maneiras, mas o laser e os peelings são as principais modalidades.

 

O procedimento também é chamado de clareamento de vagina ou clareamento anal, mas é um termo equivocado, pois os tratamentos para clareamento não podem ser realizados em mucosa, apenas na parte externa, como os grandes lábios, região perianal e virilha.

 

É cada vez maior o número de mulheres que procuram o consultório para a realização deste tipo de tratamento e as novas modalidades de tratamento tem alcançado excelentes resultados.

Clareamento íntimo: por que ocorre o escurecimento?

O escurecimento da região genital e das virilhas pode acontecer por diversos motivos e a tendência é aumentar gradativamente com o tempo, se as causas não forem corrigidas.

 

A maior parte das mulheres que procura o tratamento tem mais de 30 anos e muitas estão na menopausa.

 

Os principais fatores relacionados com o escurecimento da região íntima são:

  • Tendência individual;
  • Atrito com a roupa;
  • Acúmulo de suor;
  • Depilação com cera ou lâmina;
  • Inflamações na pele e alergias de repetição;
  • Após a gestação;
  • Alterações hormonais;
  • Obesidade;
  • Diabetes e resistência insulínica.

Para evitar o escurecimento da região íntima e da virilha, o ideal é evitar roupas apertadas e de tecido sintético, prefira roupas de algodão, depilação com laser, cuidar do peso e da alimentação para diminuir a chance do diabetes.

A consulta médica

Clareamento íntimo

 

Antes de qualquer tratamento é realizada a avaliação ginecológica e o cuidado com a saúde global.

 

Todas as questões ginecológicas serão abordadas na primeira consulta, incluindo a solicitação de exames de rotina conforme a idade e queixas relatadas.

 

Será colhida captura híbrida para HPV no colo uterino, vulva e região perianal, caso a mulher queira fazer o procedimento de clareamento íntimo

 

Caso o exame para HPV seja positivo na vulva e região perianal, o tratamento não será realizado, até a negativação do vírus, para o tratamento com laser.

 

O tratamento para clareamento íntimo facilita a disseminação do vírus na pele tratada e por este motivo não deve ser realizado na vigência de infecção. O vírus HPV pode ficar na pele sem manifestação clínica e, por este motivo, é fundamental a investigação antes do tratamento.

 

Existem algumas situações em que é melhor a realização do laser, como mulheres na menopausa, após cirurgia bariátrica e no pós-parto, pois além de clarear a pele, promove a formação de colágeno e vasos, revitalizando a região.

 

Para cada caso será discutido a melhor opção de tratamento e dependendo da situação pode-se fazer ambos os procedimentos, dependendo de cada caso.

 

Com os resultados dos exames prontos será agendado o retorno para a realização do procedimento.

 

Os procedimentos para clareamento íntimo tem uma duração média de aproximadamente 3o minutos.

Como funciona o clareamento íntimo a laser

O clareamento íntimo a laser faz a remoção da camada mais superficial da pele, promovendo a renovação celular, além de estimular a produção de colágeno na derme.

 

O resultado é uma sensível melhora na cor, textura e diminuição da flacidez nas áreas tratadas.

 

O número de sessões depende da intensidade do resultado que precisa ser alcançado, geralmente entre 1 e 4 sessões.

 

O laser é o melhor tratamento para o clareamento íntimo, região de virilhas e região perianal.

 

Existem diferenças entre os tipos de laser que podem ser empregados para o clareamento íntimo, sendo a fator mais relacionado com o sucesso do tratamento.

 

No consultório é utilizado o laser FOTONA, considerado o mais efetivo e mais seguro para realização do rejuvenescimento íntimo e clareamento íntimo.

 

A vantagem do laser é que a maioria das mulheres pode fazer tratamento, inclusive aquelas que possuem alergia com o uso de cremes e alguns tipos de peelings. 

 

clareamento íntimo, antes e depois do tratamento a laser, tem alcançado resultados importantes. Muitas mulheres já o adotaram como forma de se sentirem mais seguras e autoconfiantes, além de melhorarem sua autoestima.

 

clareamento íntimo

 

Clareamento íntimo com peeling

O clareamento íntimo com peeling é realizado por meio de substâncias que promovem a remoção da camada mais superficial da pele.

 

Diversas são as medicações disponíveis, mas geralmente utilizam-se ácidos clareadores ou agentes enzimáticos, que diminuem a produção de melanina, além de promover a esfoliação da área, visando a renovação celular e, desta forma, melhorando a cor, textura e hidratação da pele na região tratada.

 

O clareamento íntimo com peeling é geralmente bem mais barato que o clareamento íntimo com laser.

Peeling enzimático para clareamento vulvar, anal e na virilha

O clareamento da vulva, região anal e virilha utilizando um peeling enzimático de alta concentração, é uma opção com resultados um pouco mais lento que o peeling com ácidos, mas sem riscos de um efeito rebote de hiperpigmentação.

 

O peeling íntimo pode ser realizado a cada 15-21 dias, até que os resultados sejam alcançados. 

Clareamento íntimo com Peeling de ácidos

O clareamento íntimo realizado com ácidos de alta concentração e baixo PH, é precedido pelo uso do pré peeling por 15 dias.

 

O peeling íntimo com ácidos pode ser realizado a cada 15-21 dias, até que os resultados sejam alcançados. 

 

Traz resultados mais rápidos que o peeling enzimático, mas um pequeno risco de hiperpigmentação, mesmo com os cuidados do pré e pós peeling que devem ser empregados. 

Qual a dinâmica do tratamento

  • Passo 1: Consulta ginecológica, identificação das possíveis causas do escurecimento, correção das causas de hiperpigmentação, realização de exames, discussão dos tratamento e alinhamento de expectativas;
  • Passo 2: após resultados dos exames, se não houver contraindicações, os procedimentos de laser e peeling são realizados.

Tratamento com medicações manipuladas

O clareamento também pode ser realizado somente com o uso de medicações manipuladas, para serem aplicadas pela própria paciente, independentemente do laser ou do peeling de cabine.

 

O resultado vai depender basicamente de dois fatores:

  • Remoção das causas do escurecimento;
  • Intensidade do clareamento.

Quando a intensidade do clareamento a ser atingida é pequena, pode ser a melhor opção de tratamento, pois não tem risco de escurecimento rebote e possui baixo custo.

Contraindicações para o clareamento íntimo

Existem poucas contraindicações para o clareamento íntimo, sendo as mais comuns:

  • Doenças de pele no local que será tratado;
  • História prévia de herpes genital (deve-se fazer profilaxia medicamentosa antes do tratamento);
  • Infecção ativa por HPV. Quando a mulher deseja fazer clareamento íntimo, o ginecologista deve fazer a pesquisa de HPV também na região da vulva e ânus, além do colo uterino que é habitualmente pesquisado.
  • Gestantes;
  • Usuárias de marcapasso (no tratamento com laser);
  • Alergias conhecidas para as substâncias aplicadas (peeling).

Quanto tempo dura o procedimento?

clareamento íntimo

 

O procedimento de clareamento íntimo a laser ou com peeling dura cerca de 30 minutos. Geralmente é indolor, seguro e com alto grau de satisfação por parte das mulheres.

 

Recomenda-se fazer entre 1 e 4 sessões, dependendo do resultado esperado. O intervalo entre as sessões deve ser de 30 dias para o laser e de 15- 21 dias para os peelings.

 

Muitas mulheres têm o desejo de tratar sua insatisfação com o escurecimento da região genital. Com o clareamento íntimo, antes e depois, é possível perceber excelentes resultados. 

 

Busque ajuda de profissionais e melhore sua autoestima e confiança!

 

Agora que você já sabe um pouco mais sobre clareamento íntimo, conheça o Dr. Fernando Guastella e, se precisar, agende uma consulta

  kyleena

Médico ginecologista especialista em clareamento íntimo
Texto escrito por Dr. Fernando Guastella, Ginecologista pela USP e especialista em estética íntima e rejuvenescimento íntimo.

 

 

Saiba mais:

Endometriose: rejuvenescimento íntimo com radiofrequência, endometriose no ovárioendometriose no intestinoendometriose na bexigaadenomiose.

Ultrassom: tireoidemamascarótidas.

Saúde: corrimento, carboidratosfibrasgorduraspompoarismo

 

Referências bibliográficas

  1. Tendências Emergentes no Rejuvenescimento Genital Feminino Não Cirúrgico. https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/27153040/
  2. Rejuvenescimento genital: a próxima fronteira em dermatologia médica e cosmética. https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/30677826/

Sites em inglês sobre o assunto

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

Cuide-se.
Tire todas as
suas dúvidas.

43 Comentários “Clareamento íntimo com laser e peeling: antes e depois

  1. Eu recomendo o Peeling, fiz com o Dr Fernando e foi a melhor solução em termo de custo e benefício.

    Obrigada Dr.

    Em breve estou aí novamente.

    1. Olá Vera.
      Uma das partes mais importantes do tratamento é a correção dos fatores desencadeantes. Depois de atingido os objetivos, a maior parte das mulheres não precisam mais de manutenção no consultório. É possível utilizar um produto em casa que eu peço para manipular e geralmente é suficiente para o escurecimento não voltar.

    1. Olá Ana. Depende do que será decido durante a consulta. Se precisar, converse com as secretárias e elas poderão passar mais informações sobre a consulta e os valores.

    1. Poxa que infelicidade. Existem tratamentos para tentar melhorar as manchas de queimadura. Espero que dê certo para você. Fico a disposição

    1. Olá Dayane. Faço sim. Acesse o site fernandoguatella.com.br Lá tem a explicação de como fazer as consultas por telemedicina. Até breve!

    1. O resultado depende da remoção das causas, intensidade do escurecimento e da resposta aos tratamentos, independentemente da cor da pele.

    1. Não existe idade para este tipo de tratamento. Cada caso é um caso. Pessoas muito jovens possivelmente apresentam causas orgânicas que precisam ser bem avaliadas antes de fazer qualquer tratamento.

  2. Corrigindo: fiz depilação a laser. Parece que a região anal foi riscada por um gato. Queimadura. A clínica afirma que vai sair, que o organismo absorve a mancha que é normal. Para eu ter paciência. Tive até bolhas. Será mesmo que sai?

    1. Provavelmente vai sair tudo. Algumas pacientes podem apresentar uma vermelhidão ou alguma reação por um tempo maior. Hidrate a pele diariamente e suspenda os tratamentos até melhorar. Depois você pode voltar a fazer.

  3. Boa noite Dr. Gostaria de saber se esse clareamento serve para a vulva vaginal, e se clareia de forma segura os pequenos lábios?
    Se sim, esse procedimento serve para pessoas que nunca tiveram ou já tiveram relações sexuais?

    o meu problema é a bordinha dos pequenos lábios ficando escuras, queria até saber o motivo disso…

    1. Bordinhas dos pequenos lábios são um dos lugares que menos respondem aos tratamentos, mas dá para melhorar. Quem não teve relação pode fazer o clareamento, pois é somente na parte externa (vulva).

  4. Olá doutor! Meu problema são os pequenos lábios vaginais, que ficaram com um cor bastante escura em relação ao meu tom de pele. Sempre desanimo pq vejo falarem muito que é uma área de mucosa e não tem como clarear. É possível clarear essa região e qual o tratamento?

    1. Bom dia. Difícil responder sem te examinar. Os pequenos lábios são as regiões mais difíceis para clarear. A mucosa é somente a parte interna.

  5. Boa tarde doutor! Só para entender a dinâmica do processo como um todo… Na primeira consulta é feita a avaliação e solicitação de exames complementares, se necessário, e em seguida, sendo viável já podemos iniciar o procedimento mais adequado, é isso? Na consulta, e com os exames, já conseguimos identificar as causas do escurecimento?

  6. Prezado Dr. Fernando, gostaria de saber, por gentileza, qual o valor da sessão. Tenho 55 anos, comecei a peri menopausa e sou de Florianópolis e gostaria de ir fazer. Muito obrigada.

  7. Oi dr gostaria de realizar este procedimento depois que engravidei fiquei muito escura tenho uma dúvida posso fazer este clareamento e depois de 10 dias fazer uma lipo , teria algum problema, porque vou ficar 3 meses no brasil, nestes 3 meses teríamos que começar o quanto antes o clareamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *