Blog

Clareamento íntimo com laser e peeling: antes e depois

Rejuvenescimento íntimo

Clareamento íntimo com laser e peeling: antes e depois

O clareamento íntimo é um procedimento que pode ser realizado por diferentes métodos, como laser e peeling e parte integrante dos tratamentos de rejuvenescimento íntimo.

 

Outra opção terapêutica é o uso de medicações manipuladas para o uso cotidiano, após serem corrigidas as causas do escurecimento.

A comparação do antes e depois traz para a maior parte das mulheres uma sensação de bem estar. Toda mulher que sinta incômodo tem o direito de procurar ajuda.

 

O escurecimento da vulva, grandes lábios, virilha, região interna das coxas e região anal pode ser tratado de diferentes maneiras, mas o laser e os peelings são as principais modalidades.

 

O procedimento também é chamado de clareamento de vagina ou clareamento anal, mas é um termo equivocado, pois os tratamentos para clareamento não podem ser realizados em mucosa, apenas na parte externa, como os grandes lábios, região perianal e virilha.

 

É cada vez maior o número de mulheres que procuram o consultório para a realização deste tipo de tratamento e as novas modalidades de tratamento tem alcançado excelentes resultados.

Clareamento íntimo: por que ocorre o escurecimento?

O escurecimento da região genital e das virilhas pode acontecer por diversos motivos e a tendência é aumentar gradativamente com o tempo, se as causas não forem corrigidas.

 

A maior parte das mulheres que procura o tratamento tem mais de 30 anos e muitas estão na menopausa.

 

Os principais fatores relacionados com o escurecimento da região íntima são:

  • Tendência individual;
  • Atrito com a roupa;
  • Acúmulo de suor;
  • Depilação com cera ou lâmina;
  • Inflamações na pele e alergias de repetição;
  • Após a gestação;
  • Alterações hormonais;
  • Obesidade;
  • Diabetes e resistência insulínica.

Para evitar o escurecimento da região íntima e da virilha, o ideal é evitar roupas apertadas e de tecido sintético, prefira roupas de algodão, depilação com laser, cuidar do peso e da alimentação para diminuir a chance do diabetes.

A consulta médica

Clareamento íntimo

 

Antes de qualquer tratamento é realizada a avaliação ginecológica e o cuidado com a saúde global.

 

Todas as questões ginecológicas serão abordadas na primeira consulta, incluindo a solicitação de exames de rotina conforme a idade e queixas relatadas.

 

Será colhida captura híbrida para HPV no colo uterino, vulva e região perianal, caso a mulher queira fazer o procedimento de clareamento íntimo

 

Caso o exame para HPV seja positivo na vulva e região perianal, o tratamento não será realizado, até a negativação do vírus, para o tratamento com laser.

 

O tratamento para clareamento íntimo facilita a disseminação do vírus na pele tratada e por este motivo não deve ser realizado na vigência de infecção. O vírus HPV pode ficar na pele sem manifestação clínica e, por este motivo, é fundamental a investigação antes do tratamento.

 

Existem algumas situações em que é melhor a realização do laser, como mulheres na menopausa, após cirurgia bariátrica e no pós-parto, pois além de clarear a pele, promove a formação de colágeno e vasos, revitalizando a região.

 

Para cada caso será discutido a melhor opção de tratamento e dependendo da situação pode-se fazer ambos os procedimentos, dependendo de cada caso.

 

Com os resultados dos exames prontos será agendado um retorno para as orientações pré-tratamento, incluindo o preparo para o procedimento de laser e a prescrição do pré peeling.

 

Os procedimentos para clareamento íntimo tem uma duração entre 3o minutos e 1 hora.

Como funciona o clareamento íntimo a laser

O clareamento íntimo a laser faz a remoção da camada mais superficial da pele, promovendo a renovação celular, além de estimular a produção de colágeno na derme.

 

O resultado é uma sensível melhora na cor, textura e diminuição da flacidez nas áreas tratadas.

 

O número de sessões depende da intensidade do resultado que precisa ser alcançado, geralmente entre 1 e 4 sessões.

 

As mulheres que fazem o clareamento a laser também podem utilizar agentes químicos para agilizar o resultado.

 

A vantagem do laser é que a maioria das mulheres pode fazer tratamento, inclusive aquelas que possuem alergia com o uso de cremes e alguns tipos de peelings. 

 

clareamento íntimo, antes e depois do tratamento a laser, tem alcançado resultados importantes. Muitas mulheres já o adotaram como forma de se sentirem mais seguras e autoconfiantes, além de melhorarem sua autoestima.

 

clareamento íntimo

 

Clareamento íntimo com peeling

O clareamento íntimo com peeling é realizado por meio de substâncias que promovem a remoção da camada mais superficial da pele.

 

Diversas são as medicações disponíveis, mas geralmente utilizam-se ácidos clareadores ou agentes enzimáticos, que diminuem a produção de melanina, além de promover a esfoliação da área, visando a renovação celular e, desta forma, melhorando a cor, textura e hidratação da pele na região tratada.

 

O clareamento íntimo com peeling é geralmente bem mais barato que o clareamento íntimo com laser.

Peeling enzimático para clareamento vulvar, anal e na virilha

O clareamento da vulva, região anal e virilha utilizando um peeling enzimático de alta concentração, é uma opção com resultados um pouco mais lento que o peeling com ácidos, mas sem riscos de um efeito rebote de hiperpigmentação.

 

O peeling íntimo pode ser realizado a cada 15-21 dias, até que os resultados sejam alcançados. 

 

Esta é minha opção preferida se a mulher não tem muita pressa para o resultado.

Clareamento íntimo com Peeling de ácidos

O clareamento íntimo realizado com ácidos de alta concentração e baixo PH, precedido pelo uso do pré peeling por 15 dias.

 

O peeling íntimo com ácidos pode ser realizado a cada 15-21 dias, até que os resultados sejam alcançados. 

 

Traz um resultado um pouco mais rápido que o peeling enzimático, mas um pequeno risco de hiperpigmentação, mesmo com os cuidados do pré e pós peeling que devem ser empregados.

Qual a dinâmica do tratamento

  • Passo 1: Consulta ginecológica, identificação das possíveis causas do escurecimento, correção das causas de hiperpigmentação, realização de exames, discussão dos tratamento e alinhamento de expectativas;
  • Passo 2: após resultados dos exames, se não houver contraindicações, os procedimentos de laser e peeling são realizados.

Tratamento com medicações manipuladas

O clareamento também pode ser realizado somente com o uso de medicações manipuladas, para serem aplicadas pela própria paciente, independentemente do laser ou do peeling de cabine.

 

O resultado vai depender basicamente de dois fatores:

  • Remoção das causas do escurecimento;
  • Intensidade do clareamento.

Quando a intensidade do clareamento a ser atingida é pequena, pode ser a melhor opção de tratamento, pois não tem risco de escurecimento rebote e possui baixo custo.

Contraindicações para o clareamento íntimo

Existem poucas contraindicações para o clareamento íntimo, sendo as mais comuns:

  • Doenças de pele no local que será tratado;
  • História prévia de herpes genital (deve-se fazer profilaxia medicamentosa antes do tratamento);
  • Infecção ativa por HPV. Quando a mulher deseja fazer clareamento íntimo, o ginecologista deve fazer a pesquisa de HPV também na região da vulva e ânus, além do colo uterino que é habitualmente pesquisado.
  • Gestantes;
  • Usuárias de marcapasso (no tratamento com laser);
  • Alergias conhecidas para as substâncias aplicadas (peeling).

Quanto tempo dura o procedimento?

clareamento íntimo

 

O procedimento de clareamento íntimo a laser ou com peeling dura entre 30 minutos e 1 hora. Geralmente é indolor, seguro e com alto grau de satisfação por parte das mulheres.

 

Recomenda-se fazer entre 1 e 4 sessões, dependendo do resultado esperado. O intervalo entre as sessões deve ser de 30 dias para o laser e de 15- 21 dias para os peelings.

 

Muitas mulheres têm o desejo de tratar sua insatisfação com o escurecimento da região genital. Com o clareamento íntimo, antes e depois, é possível perceber excelentes resultados. 

 

Busque ajuda de profissionais e melhore sua autoestima e confiança!

 

Agora que você já sabe um pouco mais sobre clareamento íntimo, conheça o Dr. Fernando Guastella e, se precisar, agende uma consulta

  kyleena

Médico ginecologista especialista em clareamento íntimo
Texto escrito por Dr. Fernando Guastella, Ginecologista pela USP e especialista em estética íntima e rejuvenescimento íntimo.

 

 

Saiba mais:

Endometriose: rejuvenescimento íntimo com radiofrequência, endometriose no ovárioendometriose no intestinoendometriose na bexigaadenomiose.

Ultrassom: tireoidemamascarótidas.

Saúde: corrimento, carboidratosfibrasgorduraspompoarismo

 

Referências bibliográficas

  1. Tendências Emergentes no Rejuvenescimento Genital Feminino Não Cirúrgico. https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/27153040/
  2. Rejuvenescimento genital: a próxima fronteira em dermatologia médica e cosmética. https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/30677826/

Sites em inglês sobre o assunto

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

Cuide-se.
Tire todas as
suas dúvidas.

23 Comentários “Clareamento íntimo com laser e peeling: antes e depois

    1. Olá Vera.
      Uma das partes mais importantes do tratamento é a correção dos fatores desencadeantes. Depois de atingido os objetivos, a maior parte das mulheres não precisam mais de manutenção no consultório. É possível utilizar um produto em casa que eu peço para manipular e geralmente é suficiente para o escurecimento não voltar.

    1. Olá Ana. Depende do que será decido durante a consulta. Se precisar, converse com as secretárias e elas poderão passar mais informações sobre a consulta e os valores.

    1. Poxa que infelicidade. Existem tratamentos para tentar melhorar as manchas de queimadura. Espero que dê certo para você. Fico a disposição

    1. Não existe idade para este tipo de tratamento. Cada caso é um caso. Pessoas muito jovens possivelmente apresentam causas orgânicas que precisam ser bem avaliadas antes de fazer qualquer tratamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *